INFORMATIVOS

Diogo Olivier: como Aguirre atravessou o pior da tempestade

20 de Abril de 2015
Informativo

Não é todo dia que um técnico de fora vence no fechado mercado brasileiro das casamatas.

A um amigo próximo no Inter, Diego Aguirre confidenciou que esperava pressão e críticas ao seu trabalho no Inter, por ser uma tradição brasileiríssima julgar o técnico por tudo, e sempre definitivamente. Mas ele se surpreendeu com a intensidade e a insistência. Usou toda a sua experiência e temperamento tolerante para sair do momento mais tenso sem colocar lenha na fogueira aldeã.

Atlético-MG confirma jogo contra o Inter para o Independência

De fato, você lembra de alguma entrevista polêmica, irônica, irritada ou mandando recadinhos do técnico colorado? Eu, não. Aguirre atuou como diplomata em terra estrangeira. O pior da tempestade já passou, mas ele sabe que um título do Gauchão sobre Felipão seria, mesmo em caso de naufrágio na Libertadores, um crédito significativo para o restante de sua travessia em mares brasileiros.

Diego Aguirre participa de encontro na CBF e dá show em quiz sobre futebol brasileiro

Não é todo dia que um técnico de fora vence no fechado mercado brasileiro das casamatas.

*ZHESPORTES